Boa noite galera, tudo bem?


Estão fodendo muito? Vamos foder mas com camisinha.


Então galera, a história que vou contar aqui é verídica, somente os nomes são fictícios.


Como todos sabem, eu sou professor de informática e sempre procurei dar aula particular, pois rende um dinheirinho a mais, foi numa dessas aulas que conheci dona Marta, uma mulher que se dizia ser evangélica, muito séria, mas que na verdade me despertava o maior tesão, pois ela era uma mulata, tinha 49 anos, cabelos grandes, bundão, seios fartos, e muito bonita de rosto.


Um belo dia, através da neta dela, que fazia aula comigo em um curso, me pediu que eu fosse até a casa dela, pois a avó dela queria fazer aula particular em casa e aprender a fazer algumas coisas.


Chegando lá, foi que conheci dona Marta, e me apresentei, e fomos conversar sobre o conteúdo das aulas, acertas os preços e tudo.


Logo em seguida, a neta dela, disse que iria sair para ir até a casa da colega, fazer um trabalho e voltaria mais tarde.


Ficou somente eu e dona Marta, acertamos tudo, e ela me ofereceu um café com broa de milho.


Batemos um longo papo e decidimos que ela começaria no outro dia.


No dia seguinte no horário marcado, estava eu lá, e dona Marta veio me receber com uma saia comprida, e uma blusa verde.


Começamos a aula, fui explicando os passos devagar a ela, e aos poucos ela foi pegando gosto pela aula e fomos nos tornando mais íntimos, ao ponto de as vezes passar o dia na casa dela, fazendo companhia.


Num desses dias perguntei a ela porque estava sozinha, já que ela era uma mulher bonita e chamava atenção dos homens?


Ela me respondeu que desde que ficou viúva, não havia encontrado mais ninguém, pois ela tinha medo de colocar um outro homem dentro de casa, por causa da neta dela que tinha apenas 16 anos.


Falei com ela que havia homens de boa índole, que ela deveria se relacionar, etc.


Uma bela tarde, estávamos conversando eu e dona Marta, até que o papo sobre sexo saiu, meio sem querer (estava louco para comer a coroa), ela me disse que sempre gostou muito, mas depois que ficou viúva, nunca mais havia feito, foi nessa hora que perguntei a ela:


Dona Marta, adoraria resolver esse problema da senhora, caso queira.


Ela riu e disse:


- será que eu ainda sei fazer?


Eu respondi:


Com certeza que sabe.


Puxei o corpo dela junto ao meu e tasquei um beijo, bem demorado, logo em seguida falei ao seu ouvido:


- Vou fazer a senhora relembrar os bons tempos.


Dona Marta tirou toda a roupa e pude ver o corpão dela, que mulata, pqp! Seios grandes, uma buceta raspadinha e uma bunda linda.


Joguei a coroa na cama e fui chupando aquele corpo maravilhoso, começando pelos seios, depois fui descendo,barriga, virilha, e cheguei na buceta, chupei aquela buceta deliciosa e dona Marta gritava:


- aiiiiiiiii!!!! delícia, como estava sentindo falta disso, hummmmmm, chupa gostoso me faz gozar na sua boca,


Fui chupando a buceta dela e já preparando o cu para mais tarde, ela na hora disse:


- Hum, já vi que vou tomar no cu, depois de 5 anos, vc é bem safado, vagabundo, cachorro.


Parei de chupar a buceta e coloquei para mamar minha pica, a coroa caiu de boca e sugava feito uma cadela no cio, segurava a cabeça dela e socava a pica na boca dela e as vezes falava:


- vai me matar sufocada, seu cachoro!


Eu dizia:


Isso sua puta safada, depois se 5 anos vai ficar com a buceta e o cu arregaçado, vagabunda, chupa meu pau, sua vaca.


Dona Marta chupava com maestria e como ha muito tempo mesmo não via uma piroca dura, ela mamava e olhava pra mim, segurei a cabeça dela e fui socando na boca gulosa dela, ela as vezes engasgava.


Coloquei dona Marta deitada de pernas abertas e falei:


- Agora vai ganhar piroca dura na xota, sua safada, você quer?


Ela respondeu:


_ Mete logo, estou toda molhada, louca para receber sua vara:


Posicionei a cabeça na entrada da xota, e fui pincelando e dona Marta gritava:


_ Mete logooooooooooo, filho da puta, quero foder com você,seu safado.


Fui penetrando a piroca na xota dela e a pica ia entrando devagar e dona Marta gemia:


- hummmmmm!! Que delícia! Ai que saudade de uma pica na minha xota, que homem gostoso, me come todinha, safadinho.


Fui aumentando o ritmo e falava no ouvido dela:


- Toma sua puta, não era isso que vc queria, piroca na xota, agora toma tudo, sente meu saco bater na entrada do seu cu, toma preta gostosaaaaaaaaa!!!!


Quando mais um socava, dona Marta gritava e me apertava com as suas mãos.


Virei dona Marta de ladinho, e soquei dentro de buceta novamente, as vezes tirava da buceta e pincelava no cu.


Fiz isso por um tempinho e coloquei a coroa de quatro, gente que rabão, PQP!


Coloquei a piroca na xota, segurei firme pelas ancas e fui socando a pica e dona Marta gemia:


- Issoooooooo!!! Soca, soca, soca, gostooooooooossssssooooooo, vou gozar no seu pau, meu macho safado, putããããoo, soca rapido que vou gozaaaaaaaaaaaaaaaarrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr, Ahhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!!!!!!! Estou gozando no seu pau!!!!!!!!!!! aiiiiiiiiiiieeeeeeeeeeeee!!!!!!!!! Que delícia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Deixei dona Marta se recompor e preparei o cuzinho dela, passando um pouco de azeite no cu e um pouco no meu pau, posicionei na portinha e dona Marta reclamou:


_ Devagar, tem 5 anos que não dou a bunda, enfia devagar putão!!!


Fui empurrando a pica vagarosamente naquele rabão e a minha piroca ia sumindo naquela bunda linda e grande.


Quando o pau entrou todo, deixei um tempo para ela se acostumar e dona Marta reclamou:


- Ai!! está doendo! Tira um pouco, por favor!


Como bom homem (hehehe) tirava metade e empurrava novamente, e dona Marta disse:


- Ai safado, está me rasgando, vc não me respeita, né?


Fui até o ouvido dela e disse:


- Você vai dar esse rabão gostoso pra mim e depois vai beber meu leite todinho, sua preta gostosa, toma no cu safada, depois de 5 anos vai dar o cuzão gostoso, hummmmmm que rabo.


Fui aumentando o ritmo no cu daquela gostosa, e ordenei para que ela rebolasse, o que ela fez direitinho, até que anunciei que ia gozar:


_ Hummm, dona Marta abre a boquinha que vou gozar gostoso agora na sua boca, que delícia!!!!


Coloquei a pica na boca dela de uma vez só e ela começou a mamar até que anunciei o gozo.


- agora dona Marta, hummmmmmmmmmm, que delícia, minha puta, estou gozandoooooooo, bebe tudinho, meu leitinho, bebe, sua safada.


Dona Marta recebeu vários esguichos de porra e limpou tudinho, ainda lambeu os beiços e disse:


- Que delícia!!!!! Como é gostoso dar para um homem de verdade!! Assim que puder quero bis.


Tomamos um banho e me vesti rápido pois tinha que ir embora e a neta dela estava para chegar.


Quem quiser trocar experiencias, ideias, papos me escreva parasempreseuhomem@hotmail.com


Bjs para as mulheres e abraço para os camaradass

Vício em pornografia? Saiba como parar!
eBook - Como Provocar Orgasmos Femininos?
A Máquina De Vendas Online