Mais uma das minhas experiências sexuais.


Sou Diego, tenho 22 anos, gaúcho, sou tipo normal de corpo, nada de músculos exagerados, moreno, 1,73m, olhos e cabelos castanhos, cavanhaque, e uma rola de 20cm muito grossa e cabeçuda. (Usarei nomes fictícios para não expor as pessoas envolvidas e preservar minha identidade).


Sempre gostei de Internet, redes sociais… Um dia vi o Perfil de uma menina linda, uma loirinha muito gostosinha que morava em Irati no Paraná, então anonimamente elogiei, ela agradeceu e pediu que eu revelasse minha identidade, eu fiquei com receio que ela não gostasse de mim, na época eu tinha uma namorada (a Naty, para quem leu o conto "A Professorinha era safadinha"), mas mandei meu perfil para ela, automaticamente ela se encantou, e ali começamos uma amizade virtual.


Conversávamos todos os dias, nos víamos na webcam, falávamos ao telefone e teclando via Messenger. Ela era Bruna, uma menina de 18 anos, linda, olhos verdes, loira, pele branquinha, boca bem desenhada… Era o que eu via pelas imagens do computador.


Certo dia Bruninha me liga dizendo que viria para cá me ver, eu falei que tinha namorada e que não teria como recebê-la em minha casa, então ela disse que ficaria em um Hotel, mas que queria muito me conhecer e quem sabe me conquistar.


Chegado o dia marcado, ela me liga dizendo que já estava hospedada no Hotel, que precisava muito me ver, então sai do trabalho e passei lá, ela havia chegado não fazia muito tempo. Cheguei ao Hotel, falei com a recepcionista e subi ao seu quarto, bati na porta e Bruna estava tomando banho, abriu a porta só de toalha, quase desmaiei ao ver pessoalmente aquela loirinha, era mais linda do que pelas fotos… Entrei, sentei na cama enquanto ela voltou ao banheiro para se vestir.


Voltou toda linda, com o cabelo molhado, usando um vestidinho preto, maravilhoso e curto, Bruna esta muito cheirosa, estava pronta para me seduzir mesmo e estava conseguindo!


Sentamos na cama, ela pegou seu notebook e veio me mostrar umas fotos e músicas que gostava (papo de quem estava se conhecendo né)... Afinal era a primeira vez que me via pessoalmente. Ela com aquele vestido curtinho, com aquelas coxas grossas e brancas a mostra, estava ficando louco que nem prestava mais atenção no que estava me mostrando.


Fui chegando mais perto para poder sentir aquele cheirinho gostoso, um perfume tão suave, quando ela se virou e me surpreendeu com um beijo na boca, fiquei sem reação, apenas retribuí o beijo maravilhoso.


Assim largou o notebook e me abraçou, então agarrei-a com vontade, matando o desejo que me consumia, coloquei a mão nas coxas e senti o arrepio do seu corpo, ela me agarrava e se entregava cada vez mais.


Abri as suas pernas e pude ver aquele triangulo branco no final do túnel formado por suas coxas… Fui subindo a mão até chegar a sua calcinha branca, toda meladinha, não resistindo aos seus encantos, apenas tirei o pau para fora, coloquei sua calcinha de lado e meti, sem preliminares, apenas fodi com toda minha força.


Ela gemia e dizia que esperou por tanto tempo, que estava adorando sentir cada centímetro do meu pau invadindo sua buceta… E eu sentindo o calor dos lábios vaginais da minha ninfetinha Paranaense. Estava tão bom que nem mudamos a posição, ficamos ali no papai e mamãe mesmo, ela apenas abria mais as pernas e eu enfiava meu pau até o talo.


Ficamos assim, fodendo e nos beijando ardentemente, eu não consegui parar de beijar aquela boca, alternando entre o pescoço…


Após alguns minutos nessa penetração fantástica, gozamos juntos, sentimos nossos fluidos sendo trocados, meu pau ficou todo melado, assim como sua bucetinha.


Essa foi a primeira foda com minha "amiguinha" Paranaense, mas ela ficou alguns dias no Hotel, sendo que uma noite eu dormi lá com ela.


Em breve conto essa aventura, pois tive que inventar uma história pra dormir fora…


Valeu Galera!


Add: diego.contos2013@hotmail.comm

Vício em pornografia? Saiba como parar!
eBook - Como Provocar Orgasmos Femininos?
A Máquina De Vendas Online